Festival Satyrianas homenageia Phedra de Córdoba

A praça Roosevelt e seus entornos eram considerados uns dos lugares mais perigosos de São Paulo. Ainda não se falava em revitalização do centro da cidade em 2.000 e muito menos por meio da ocupação cultural, até que a companhia os Satyros veio em dezembro do mesmo ano e se instalou nos entornos da praça.

A arte transformou a cara do lugar com a ajuda de Phedra de Cordoba, uma artista frequentadora da praça e a eterna madrinha dos artistas da praça. Se podemos falar sobre arte como uma arma de transformação, podemos chamar a diva Phedra de precursora desse processo e nessa edição do festival, a homenageada da vez é ninguém mais ninguém menos que a diva Phedra.

Phedra assumiu sua condição de transgênero em plena ditadura militar, era cubana, transexual, cortesã, mulher, filha do candomblé e artista dos teatros de revista ou antigos cabarés. Colocou-se com coragem diante de todos os preconceitos e eternizou-se como a musa dos Satyros para o tempo em que a companhia existir.

Quando a companhia chegou ao local, os moradores e frequentadores da região viram aquele grupo de artistas como estranhos e foi a artista Phedra, frequentadora assídua da praça Roosevelt e figura respeitadíssima por todos quem aproximou-se do grupo e fez o meio de campo entre os moradores e os artistas recém-chegados. A região antes pouco frequentada pelo alto índice de criminalidade acabou se tornando um espaço para a arte onde grupos marginalizados puderam conviver com dignidade e respeito e integrar-se aos movimentos artísticos também.

Neste feriado, acontece o festival de teatro da Praça Roosevelt, o evento deste ano convida a todos para ocuparem e transformarem o centro da cidade. É preciso muita arte e resistência diante dos tempos intolerantes e sombrios os quais estamos imersos e a arte quem sabe pode se não nos salvar, dar voz à nossas angustias. Falecida em 9 de abril de 2016, sua memória permanece fresca no coração dos Satyros.

Onde: Praça Roosevelt, centro.

Quando: 12 a 15 de novembro.

Confira a programação.

Deixe uma resposta